common:navbar-cta
Baixar aplicativoBlogRecursosPreçosSuporteEntrar
EnglishEspañolعربىFrançaisPortuguêsItalianoहिन्दीKiswahili中文русский

Gilles Stouvenakers, Peter Dapprich, Sebastien Massart e M. Haïssam Jijakli

Resumo Entre a diversidade de doenças vegetais que ocorrem na aquaponia, os patógenos transmitidos pelo solo, como Fusarium spp., Phytophthora spp. e Pythium spp., são os mais problemáticos devido à sua preferência por condições de ambiente úmido/aquático. Phytophthora spp. e Pythium spp. que pertencem aos pseudo-fungos Oomycetes requerem atenção especial devido à sua forma móvel de dispersão, os chamados zoosporos que podem mover-se livremente e ativamente em água líquida. Na aquapônica acoplada, os métodos curativos ainda são limitados devido à possível toxicidade de pesticidas e agentes químicos para peixes e bactérias benéficas (por exemplo, bactérias nitrificantes do biofiltro). Além disso, o desenvolvimento de agentes biocontrole para uso aquapônico ainda está em seu início. Consequentemente, as formas de controlar a infecção inicial e a progressão de uma doença baseiam-se principalmente em ações preventivas e tratamentos físicos hídricos. Entretanto, a ação supressiva (supressão) pode ocorrer em ambiente aquapônico considerando artigos recentes e a atividade supressora já destacada na hidropônica. Além disso, a água aquapônica contém matéria orgânica que pode promover o estabelecimento e o crescimento de bactérias heterotróficas no sistema ou mesmo melhorar o crescimento e a viabilidade das plantas diretamente. No que diz respeito à hidroponia orgânica (isto é, a utilização de fertilização orgânica e meios vegetais orgânicos), estas bactérias podem actuar como agentes antagonistas ou como elicitores de defesa vegetal para proteger as plantas contra doenças. No futuro, a investigação sobre a capacidade de supressão da doença do biótopo aquapónico deve ser aumentada, bem como o isolamento, caracterização e formulação de antagonistas microbianos de agentes patogénicos vegetais. Finalmente, um bom conhecimento na identificação rápida de patógenos, combinado com métodos de controle e monitoramento de doenças, conforme recomendado no manejo integrado de pragas vegetais, é a chave para um controle eficiente das doenças vegetais na aquapônica.

Palavras Patógenos · Fungos · Aquaponics · Biotope · Supressivo · Manejo de pragas vegetais · Agentes de biocontrole

Conteúdo

G. Stouvenakers · S. Massart · M. H. Jijakli

Laboratório de Patologia Plantária Integrada e Urbana, Université de Liège, Gembloux Agro-Bio Tech, Gembloux, Bélgica

P. Dapprich

Departamento de Agricultura, Fachhochschule Südwestfalen Universidade de Ciências Aplicadas, Soest, Alemanha

© O (s) Autor (es) 2019 353

S. Goddek et al. (eds.), Sistemas de Produção de Alimentos Aquaponics, https://doi.org/10.1007/978-3-030-15943-6_14

Referências

Adamczyk B, Smolander A, Kitunen V, Godlewski M (2010) Proteínas como fonte de nitrogênio para plantas: um conto sobre exsudação de proteases por raízes vegetais. Planta Sinal Behav 5:817 —819. https://doi.org/10.4161/psb.5.7.11699

Albajes R, Lodovica Gullino M, Van Lenteren JC, Elad Y (2002) Gestão integrada de pragas e doenças em culturas de estufa. Editores Acadêmicos Kluwer. https://doi.org/10.1017/ CBO9781107415324.004

Alhussaen K (2006) Pythium e Phytophthora associados à doença radicular da alface hidropônica. Faculdade de Ciências da Universidade de Tecnologia de Sydney. https://opus.lib.uts.edu.au/handle/10453/ 36864

Anderson TS, de Villiers D, Timmons MB (2017) Crescimento e composição elementar tecidual de Espinafre (Spinacia oleracea) a condições de qualidade da água hidropônica e aquapônica. Horticulturae 3:32. https://doi.org/10.3390/horticulturae3020032

Arras G, Arru S (1997) Mecanismo de ação de alguns antagonistas microbianos contra patógenos fúngicos. Ann Microbiol Enzimol 47:97 —120

Attramadal KJK, Salvesen I, Xue R, Øie G, Størseth TR, Vadstein O, Olsen Y (2012) A recirculação como uma possível estratégia de controlo microbiano na produção de larvas marinhas. Aquac Eng 46:27 —39. https://doi.org/10.1016/j.aquaeng.2011.10.003

Bartelme RP, Oyserman BO, Blom JE, Sepulveda-Villet JO, Newton RJ (2018) Descascar o solo: crescimento vegetal promovendo oportunidades de microbiologia na aquapônica. Microbiol dianteiro 9:8. https://doi.org/10.3389/fmicb.2018.00008

Beneduzi A, Ambrosini A, Passaglia LMP (2012) Rizobactérias promotoras do crescimento vegetal (PGPR): seu potencial como antagonistas e agentes de biocontrole. Genet Mol Biol 35 (4) :1044—1051

Bittsanszky A, Gyulai G, Junge R, Schmautz Z, Komives T, Has CAR, Otto H (2015) Proteção vegetal em sistemas agrícolas de base ecocíclica: aquapônica como exemplo. In: International Plant Protection Congress (IPPC), Berlim, Alemanha, pp 2—3. https://doi.org/10.13140/RG.2.1. 4458.0321

Bohme M (1999) Efeitos do Lactato, Humato e Bacillus subtilis no crescimento de plantas de tomateiro em sistemas hidropônicos. In: Simpósio internacional sobre meios de cultivo e hidroponia. Acta Horticulturae, páginas 231-239

Marca T (2001) Importância e caracterização do componente biológico em filtros lentos. Acta Hortic 554:313 —321

Calvo-Bado LA, Pettitt TR, Parsons N, Petch GM, Morgan JAW, Whipps JM (2003) Análise Espacial e Temporal da Comunidade Microbiana em Filtros de Areia Lenta Utilizados no Tratamento de Água de Irrigação Hortícola. Microbiol Ambiental Appl 69:2116 —2125. https://doi.org/ 10.1128/AEM.69.4.2116

Campbell R (1989) Controle biológico de patógenos microbianos de plantas. Imprensa da Universidade de Cambridge, Cambridge

Chang-Ho Y (1970) Efeito do exsudado de raiz de ervilha na germinação de cistos zoosporos Pythium aphanidermatum. Lata J Bot 48:1501 —1514

Aplicações de Chatterton S, Sutton JC, Boland GJ (2004) Timing Pseudomonas clororafanidermatum para controlar Pythium aphanidermatum, Pythium dissotocum e podridão radicular em pimentas hidropônicas. Controle Biol 30:360 —373. https://doi.org/10.1016/j.biocontrol.2003.11.001

Cherif M, Tirilly Y, Belanger RR (1997) Efeito da concentração de oxigênio no crescimento de plantas, peroxidação lipídica e receptividade de raízes de tomate a Pythium em condições hidropônicas. Eur J Planta Pathol 103:255 —264

Chinta YD, Kano K, Widiastuti A, Fukahori M, Kawasaki S, Eguchi Y, Misu H, Odani H, Zhou S, Narisawa K, Fujiwara K, Shinohara M, Sato T (2014) Efeito do licor íngreme de milho sobre a podridão da raiz de alface (Fusarium oxysporum f.sp. lactucae) em hidroponic culturas. J Sci Food Agric 94:2317 —2323. https://doi.org/10.1002/jsfa.6561

Chinta YD, Eguchi Y, Widiastuti A, Shinohara M, Sato T (2015) Hidroponia orgânica induz resistência sistêmica contra o patógeno transmitido pelo ar, Botrytis cinerea (molde cinza). J Plant Interact 10:243 —251. https://doi.org/10.1080/17429145.2015.1068959

Colhoun J (1973) Efeitos de fatores ambientais na doença vegetal. Annu Rev Fitopatol

11:343 —364 da Silva Cerozi B, Fitzsimmons K (2016) Uso de Bacillus spp. para aumentar a disponibilidade de fósforo e servir como promotor do crescimento de plantas em sistemas aquapônicos. Sci Hortic (Amesterdão) 211:277 —282. https://doi.org/10.1016/j.scienta.2016.09.005

Delaide B, Goddek S, Gott J, Soyeurt H, Jijakli HM (2016) Alface (Lactuca sativa L. var. Sucrina) desempenho de crescimento em solução aquapônica complementada supera a hidroponia. Água 8:1 —11. https://doi.org/10.3390/w8100467

Déniel F, Rey P, Chérif M, Guillou A, Tirilly Y (2004) Bactérias indígenas com atividades antagônicas e promotoras de crescimento vegetal melhoram a eficiência da filtração lenta no cultivo sem solo. Can J Microbiol 50:499 —508. https://doi.org/10.1139/w04-034

Dordas C (2008) Papel dos nutrientes no controle de doenças vegetais na agricultura sustentável: uma revisão.

Agron Sustain Dev 28:33 —46. https://doi.org/10.1051/agro:2007051 du Jardin P (2015) Bioestimulantes vegetais: definição, conceito, principais categorias e regulação. Sci Hortic (Amsterdã) 196:3 —14. https://doi.org/10.1016/j.scienta.2015.09.021

Ehret DL, Bogdanoff C, Utkhede R, Lévesque A, Menzies JG, Ng K, Portree J (1999) Controle de doenças com filtração lenta para culturas em estufa cultivadas em recirculação. Pacífico Agro-alimentar Res Cent Tech Rep 155:37

Ehret DL, Alsanius B, Wohanka W, Menzies JG, Utkhede R (2001) Desinfestação de soluções de nutrientes recirculantes em horticultura de estufa. Agronomia 21:323 -339. https://doi.org/10.1051/ agro:2001127

Diretiva 2009/128/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 21 de outubro de 2009, que estabelece um quadro de ação comunitária para alcançar a utilização sustentável dos pesticidas. Outubro de 309, páginas 71-86. https://doi.org/10.3000/17252555.L_2009.309

Evenhuis B, Nijhuis E, Lamers J, Verhoeven J, Postma J (2014) Métodos alternativos de controlo do cactorum Phytophthora em morangos cultivados em meios de cultura sem solo, Acta Hortic 1044:337 —342. https://doi.org/10.17660/ActaHortic.2014.1044.44

FAO (2008) Boas práticas agrícolas [Documento WWW]. http://www.fao.org/prods/gap/. Acessado a 27 fev 2018

Folman LB, De Klein MJEM, Postma J, Van Veen JA (2004) Produção de compostos antifúngicos por enzimas Lysobacter isolam 3.1T8 sob diferentes condições em relação à sua eficácia como agente biocontrole de Pythium aphanidermatum em pepino. Biol. Controle 31:145 —154. https://doi.org/10.1016/j.biocontrol.2004.03.008

Fujiwara K, Aoyama C, Takano M, Shinohara M (2012) Supressão da doença da murcha bacteriana de Ralstonia solanacearum por um sistema hidropônico orgânico. J Gen Plant Pathol. https://doi.org/10. 1007/s10327-012-0371-0

Fujiwara K, Iida Y, Iwai T, Aoyama C, Inukai R, Ando A, Ogawa J, Ohnishi J, Terami F, Takano M, Shinohara M (2013) A comunidade microbiana da rizosfera em um sistema de mineralização paralela múltipla suprime o fungo patogênico Fusarium oxysporum. Microbiologyopen 2:997 —1009. https://doi.org/10.1002/mbo3.140

Funck-Jensen D, Hockenhull J (1983) É o amortecimento, causado por Pythium, menos problema na hidropônica do que nos sistemas tradicionais de cultivo? Acta Hortic 133:137 —145

Furtner B, Bergstrand K, Brand T (2007) Fatores abióticos e bióticos em filtros lentos integrados a sistemas hidropônicos fechados. Eur J Hortic Sci 72:104 —112

Ganeshan G, Kumar AM (2005) Pseudomonas fluorescens, um potencial antagonista bacteriano para controlar doenças de plantas. J Plant Interact 1:123 —134. https://doi.org/10.1080/17429140600907043 Geary B, Clark J, Hopkins BG, Jolley VD (2015) Níveis de nitrogênio deficientes, adequados e excessivos estabelecidos em hidropônicos para estudos de interação de estresse biótico e abiótico em batata. J Planta Nutr 38:41 —50. https://doi.org/10.1080/01904167.2014.912323

Goddek S, Vermeulen T (2018) Comparação do desempenho de crescimento Lactuca sativa em soluções de nutrientes hidropônicos à base de água da chuva e água de Ras-água. Aquac Int 10. https://doi.org/10.1007/s10499018-0293-8

Goddek S, Delaide B, Mankasingh U, Vala Ragnarsdottir K, Jijakli H, Thorarinsdottir R (2015) Desafios da aquapônica sustentável e comercial. Sustentabilidade 7:4199 —4224. https://doi. org/10.3390/su7044199

Goddek S, Espinal CA, Delaide B, Jijakli MH, Schmautz Z, Wuertz S, Keesman KJ (2016) Navegando em direção a sistemas aquapônicos dissociados: uma abordagem de projeto de dinâmica do sistema. Água (Suíça) 8:1 —29. https://doi.org/10.3390/W8070303

Gonçalves AA, Gagnon GA (2011) Aplicação de ozônio em sistemas de recirculação aquícola: uma visão geral. Ozono Sci Eng 33:345 —367. https://doi.org/10.1080/01919512.2011.604595

Cascalho V, Dorais M, Dey D, Vandenberg G (2015) Os efluentes de peixe promovem o crescimento radicular e suprimem doenças fúngicas em transplantes de tomate. Lata J Planta Sci 95:427 —436

Grunert O, Hernandez-Sanabria E, Vilchez-Vargas R, Jauregui R, Pieper DH, Perneel M, Van Labeke M-C, Reheul D, Boon N (2016) Os meios de cultivo mineral e orgânico possuem estrutura comunitária distinta, estabilidade e funcionalidade em sistemas de cultura sem solo. Sci. Rep. 6:18837. https://doi.org/10.1038/srep18837

Haarhoff J, Cleasby JL (1991) Mecanismos biológicos e físicos na filtração lenta de areia. Em: Logsdon GS (ed) Filtragem de areia lenta, vol 1. Sociedade Americana de Engenheiros Civis, Nova York, pp 19—68

Haas D, Défago G (2005) Controlo biológico de patógenos transmitidos pelo solo por pseudomonadas fluorescentes. Microbiol Nat Rev 3:307 —319. https://doi.org/10.1038/nrmicro1129

Hirayama K, Mizuma H, Mizue Y (1988) A acumulação de substâncias orgânicas dissolvidas em sistemas fechados de cultura de recirculação. Aquac Eng 7:73 —87. https://doi.org/10.1016/0144-8609 (88) 90006-4

Hong CX, Moorman GW (2005) Patógenos vegetais em água de irrigação: desafios e oportunidades. CRC Crit Rev Plant Sci 24:189 —208. https://doi.org/10.1080/07352680591005838

Hultberg M, Holmkvist A, Alsanius B (2011) Estratégias para administração de pseudomonadas produtoras de biossurfactantes para biocontrole em sistemas hidropônicos fechados. Colheita Prot 30:995 —999. https://doi.org/10.1016/j.cropro.2011.04.012

James, Becker JO (2007) Identificação de microrganismos envolvidos na supressão de patógenos específicos no solo. Annu Rev Phytopathol 45:153 —172. https://doi.org/10.1146/annurev.phyto.45.062806.094354

Jarvis WR (1992) Manejo de doenças em culturas de estufa. A Sociedade Fitopatológica Americana, São Paulo

Jones SW, Donaldson SP, Deacon JW (1991) Comportamento de zoosporos e cistos de zoosporos em relação à infecção radicular por Pythium aphanidermatum. Novo Phytol 117:289 —301. https://doi.org/10. 1111/j.1469-8137.1991.tb04910.x

Khalil S, Alsanius BW (2001) Dinâmica da microflora indígena que habita a zona radicular e a solução nutritiva do tomate em um sistema comercial fechado de estufa. Gartenbauwissenschaft 66:188 —198

Khalil S, Alsanius WB (2011) Efeito do crescimento do teor médio de água no controle biológico de patógenos radiculares em um sistema fechado sem solo. J Hortic Sci Biotechnol 86:298 —304. https://doi.org/ 10.1080/14620316.2011.11512764

Khalil S, Hultberg M, Alsanius BW (2009) Efeitos do meio de cultivo sobre as interações entre agentes biocontrole e patógenos radiculares de tomate em um sistema hidropônico fechado. J Hortic Sci Biotechnol 84:489 —494. https://doi.org/10.1080/14620316.2009.11512553

Khan A, Sutton JC, Grodzinski B (2003) Efeitos do clororafis Pseudomonas sobre o aphanidermatum e a podridão radicular em pimentas cultivadas em calhas hidropônicas de pequena escala. Biocontrol SCI Technol 13:615 —630. https://doi.org/10.1080/0958315031000151783

Koohakan P, Ikeda H, Jeanaksorn T, Tojo M, Kusakari S-I, Okada K, Sato S (2004) Avaliação dos microrganismos indígenas em cultura sem solo: ocorrência e características quantitativas nos diferentes sistemas de cultivo. Sci Hortic (Amsterdã) 101:179 —188. https://doi.org/10.1016/j. scienta.2003.09.012

Lee S, Lee J (2015) Bactérias e fungos benéficos em sistemas hidropônicos: tipos e características dos métodos de produção de alimentos hidropônicos. Sci Hortic (Amsterdã) 195:206 —215. https://doi.org/10. 1016/j.scienta.2015.09.011

Leonard N, Blancheton JP, Guiraud JP (2000) Populações de bactérias heterotróficas num sistema experimental de aquicultura recirculante. Aquac Porg 22:109 —120

Leonard N, Guiraud JP, Gasset E, Cailleres JP, Blancheton JP (2002) Bactérias e nutrientes — nitrogênio e carbono — em um sistema de recirculação para a produção de robalo. Aquac Porg 26:111 —127

Lepoivre P (2003) Fitopatologia, 1st editio. ed. Les Presses Agronomiques de Gembloux Bruxelles: De Boeck

Liu W, Sutton JC, Grodzinski B, Kloepper JW, Reddy MS (2007) Controle biológico da podridão radicular Pythium do crisântemo em unidades hidropônicas de pequena escala. Phytoparasitica 35:159 —178. https://doi.org/10.1007/bf02981111

Love DC, Fry JP, Li X, Hill ES, Genello L, Semmens K, Thompson RE (2015) Produção aquaponica comercial e rentabilidade: Resultados de uma pesquisa internacional. Aquicultura 435:67 —74. https://doi.org/10.1016/j.aquaculture.2014.09.023

Maher M, Prasad M, Raviv M (2008) Ch 11 — componentes orgânicos de meios sem solo. In: Cultura sem soilless: teoria e prática. Elsevier B.V., Amsterdã, pp 459—504. https://doi.org/10.1016/ B978-044452975-6.50013-7

Mangmang JS, Deaker R, Rogers G (2014) Resposta de mudas de alface fertilizadas com efluente de peixes à inoculação de Azospirillum brasilense. Biol Agric Hortic 31:61 —71. https://doi.org/ 10.1080/01448765.2014.972982

Mangmang JS, Deaker R, Rogers G (2015a) Efeito da inoculação de Azospirillum brasilense sobre manjericão cultivado sob sistema de produção aquaponica. Org Agric 6:65 —74. https://doi.org/10.1007/ s13165-015-0115-5

Mangmang JS, Deaker R, Rogers G (2015b) Maximizando a utilização de efluentes de peixe para a produção de mudas de vegetais por Azospirillum Brasilense. Procedia Environ Sci 29:179. https://doi.org/ 10.1016/j.proenv.2015.07.248

Mangmang JS, Deaker R, Rogers G (2015c) Resposta de Mudas de Pepino Adubadas com Efluente de Peixes ao Azospirillum brasilense. Int J Veg Sci 5260:150409121518007. https://doi.org/10. 1080/19315260.2014.967433

Martin FN, Loper JE (1999) Doenças vegetais transmitidas pelo solo causadas por Pythium spp.: ecologia, epidemiologia e perspectivas de controle biológico de doenças vegetais transmitidas pelo solo causadas por Pythium spp.: ecologia, epidemiologia e perspectivas de controle biológico. CRC Crit Rev Planta Sci 18:11 —181

McMurty MR, Nelson PV, Sanders DC, Hodges L (1990) Cultura de areia de vegetais utilizando efluentes aquícolas recirculados. Appl Agric Res 5:280 —284

McPherson GM, Harriman MR, Pattison D (1995) O potencial de propagação de doenças radiculares em sistemas hidropônicos recirculantes e seu controle com desinfecção. Med Fac Landbouww Univ Gent 60:371 —379

Michaud L, Blancheton JP, Bruni V, Piedrahita R (2006) Efeito do carbono orgânico particulado sobre populações bacterianas heterotróficas e eficiência de nitrificação em filtros biológicos. Aquac Eng 34:224 —233. https://doi.org/10.1016/j.aquaeng.2005.07.005

Michaud L, Giudice AL, Interdonato F, Triplet S, Ying L, Blancheton JP (2014) Alteração estrutural induzida pela razão C/N de comunidades bacterianas dentro de biofiltros de aquicultura em escala de laboratório. Aquac Eng 58:77 —87. https://doi.org/10.1016/j.aquaeng.2013.11.002

Mitchell CE, Reich PB, Tilman D, Groth JV (2003) Efeitos de Cosub2/Sub elevado, deposição de nitrogênio e diminuição da diversidade de espécies na doença foliar de plantas fúngicas. Glob Chang Biol 9, 438—451 https://doi.org/10.1046/j.1365-2486.2003.00602.x

Monsees H, Kloas W, Wuertz S (2017) Sistemas desacoplados em teste: Eliminando gargalos para melhorar processos aquapônicos. POs One 12:1 —18. https://doi.org/10.1371/journal.pone. 0183056

Montagne V, Charpentier S, Cannavo P, Capiaux H, Grosbellet C, Lebeau T (2015) Estrutura e atividade de comunidades fúngicas espontâneas em substratos orgânicos utilizados para culturas sem solo. Sci Hortic (Amsterdã) 192:148 —157. https://doi.org/10.1016/j.scienta.2015.06.011

Montagne V, Capiaux H, Barret M, Cannavo P, Charpentier S, Grosbellet C, Lebeau T (2017) As comunidades bacterianas e fúngicas variam de acordo com o tipo de substrato orgânico: implicações para o biocontrole de culturas sem solo. Environ Chem Lett 15:537 —545. https://doi.org/10.1007/s10311017-0628-0

Moruzzi S, Firrao G, Polano C, Borselli S, Loschi A, Ermacora P, Loi N, Martini M (2017) Caracterização assistida por genómica da estirpe Pseudomonas_ sp. Pf4, um potencial agente biocontrole em hidroponia. Biocontrol Sci Technol 27:969 —991. https://doi.org/10.1080/09583157.2017. 1368454

Mukerji KG (2006) Atividade Microbiana na Rizosfera. Springer/GmbH & Co, Dordrecht/Berlim e Heidelberg. https://doi.org/10.1017/CBO9781107415324.004

Munguia-Fragozo P, Alatorre-Jacome O, Rico-Garcia E, Torres-Pacheco I, Cruz-Hernandez A, Ocampo-Velazquez RV, Garcia-Trejo JF, Guevara-Gonzalez RG (2015) Perspectiva para Sistemas Aquapônicos: (Omic) Tecnologias para Análise de Comunidade Microbiana. Biomed Res Int 2015:10. https://doi.org/10.1155/2015/480386

Narayanasamy P (2013) Manejo biológico de doenças de culturas: volume 1: características dos agentes de controle biológico, manejo biológico de doenças de culturas. Springer, Dordrecht. https://doi.org/10.1007/978-94-007-6380-7_1

Naylor SJ, Moccia RD, Durant GM (1999) Composição química dos resíduos sólidos de peixe (estrume) de explorações comerciais de trutas arco-íris em Ontário. Canadá N Am J Aquac 61:21 —26. https://doi.org/10.1577/1548-8454(1999)061\0021:TCCOSS\2.0.CO;2

Nemethy S, Bittsanszky A, Schmautz Z, Junge R, Komives T (2016) Protegendo plantas contra pragas e doenças em sistemas aquapônicos. In: Pegada ecológica na Europa Central. The University College of Tourism and Ecology Press, Sucha Beskidzka, pp 1-8

Nielsen CJ, Ferrin DM, Stanghellini ME (2006) Eficácia de biosurfactantes no manejo de Phytophthora capsici em pimenta em sistemas hidropônicos recirculantes. Lata J Planta Pathol 28:450 —460. https://doi.org/10.1080/07060660609507319

Nogueira R, Melo LF, Purkhold U, Wuertz S, Wagner M (2002) Dinâmica populacional nitrificante e heterotrófica em reatores de biofilme: efeitos do tempo de retenção hidráulica e da presença de carbono orgânico. Água Resolução 36:469 —481

Pagliaccia D, Ferrin D, Stanghellini ME (2007) Supressão quimiobiológica de patógenos zoosporicos infectantes de raízes em sistemas hidropônicos recirculantes. Plantar Solo 299:163 —179. https://doi. org/10.1007/s11104-007-9373-7

Pagliaccia D, Merhaut D, Colao MC, Ruzzi M, Saccardo F, Stanghellini ME (2008) Melhoramento seletivo da população pseudomonada fluorescente após alteração da solução nutritiva recirculante de plantas cultivadas hidroponicamente com estabilizador de nitrogênio. Microb Ecol 56:538 —554. https://doi.org/10.1007/s00248-008-9373-z

Pantanella E, Cardarelli M, Colla G, Rea E, Marcucci A (2010) Aquaponics vs. hidroponia: produção e qualidade da cultura de alface, pp 887—893. https://doi.org/10.17660/ActaHortic.2012. 927.109

Pantanella E, Cardarelli M, Di Mattia E, Colla G (2015) Aquaponics e segurança alimentar: efeitos da esterilização UV sobre coliformes totais e produção de alface. In: Conferência e exposição sobre a cultura sem solo, pp 71-76

Parvatha Reddy P (2016) Proteção sustentável de culturas sob cultivo protegido. O Springer. https://doi.org/doi, Springer. https://doi.org/10.1007/978-981-287-952-3_7

Paulitz TC, Bélanger RR (2001) Controle biológico em sistemas de estufa. Annu Rev Fitopatol 39:103 —133

Pérez-García A, Romero D, de Vicente A (2011) Proteção vegetal e estimulação do crescimento por microorganismos: aplicações biotecnológicas de Bacilos na agricultura. Curr Opin Biotechnol 22 (2) :187—193. https://doi.org/10.1016/j.copbio.2010.12.003

Postma J, van Os E, Bonants PJM (2008) Ch 10 — estratégias de detecção e manejo de patógenos em sistemas de cultivo de plantas sem solo. In: Cultura sem soilless: teoria e prática. Elsevier B.V., Amsterdã, pp. 425—457. https://doi.org/10.1016/B978-0-444-52975-6.50012-5

Postma J, Stevens LH, Wiegers GL, Davelaar E, Nijhuis EH (2009) Controle biológico de Pythium aphanidermatum em pepino com aplicação combinada de estirpe de Lysobacter enzimógenes

3.1T8 e quitosana. Biol Control 48:301 —309. https://doi.org/10.1016/j.biocontrol.2008.11.006 Rakocy J (2007) Dez diretrizes para sistemas aquapônicos. Aquapônica J 46:14 —17

Rakocy JE (2012) Aquaponics — integração de peixe e cultura vegetal. In: Tidwell JH (ed) Sistemas de produção de aquicultura. Wiley, Nova Iorque, pp 343-386

Rakocy JE, Maseer PM, Losordo TM (2006) Sistemas de produção de tanques de aquicultura recirculantes: Aquaponics — cultura integrada de peixe e plantas. South Reg Aquac Cent Publicação nº 454, 16pp. http://srac.tamu.edu/getfile.cfm?pubid=105

Renault D, Déniel F, Benizri E, Sohier D, Barbier G, Rey P (2007) Caracterização de linhagens Bacillus e Pseudomonas com características supressivas isoladas de unidade de filtração hidropônico-lenta de tomate. Can J Microbiol 53:784 —797. https://doi.org/10.1139/W07-046

Renault D, Vallance J, Déniel F, Wery N, Godon JJ, Barbier G, Rey P (2012) Diversidade de comunidades bacterianas que colonizam as unidades filtrantes utilizadas para controlar patógenos vegetais em culturas sem solo. Microb Ecol 63:170 —187. https://doi.org/10.1007/s00248-011-9961-1

Resh HM (2013) Produção de alimentos hidropônicos: um guia definitivo para o jardineiro doméstico avançado e o produtor hidropônico comercial, 7º edn. Imprensa CRC, Boca Raton

Rosberg AK (2014) Dinâmica de microrganismos radiculares em sistemas fechados de cultivo hidropônico. Departamento de Biossistemas e Tecnologia, Universidade Sueca de Ciências Agrárias, Alnarp

Rurangwa E, Verdegem MCJ (2015) Microorganismos em sistemas de aquicultura recirculantes e seu manejo. Rev. Aquac 7:117 —130. https://doi.org/10.1111/raq.12057

Saha S, Monroe A, Dia MR (2016) Crescimento, rendimento, qualidade da planta e nutrição do manjericão (Ocimum basilicum L.) sob sistemas agrícolas sem solo. Ann Agric Sci 61:181 —186. https://doi.org/10. 1016/j.aoas.2016.10.001

Schmautz Z, Graber A, Jaenicke S, Goesmann A, Junge R, Smits THM (2017) Diversidade microbiana em diferentes compartimentos de um sistema aquapônico. Arch Microbiol 1—8. https://doi.org/10. 1007/s00203-016-1334-1

Schreier HJ, Mirzoyan N, Saito K (2010) Diversidade microbiana de filtros biológicos em sistemas aquícolas recirculantes. Curr Opin Biotechnol 21:318-325. https://doi.org/10.1016/j.copbio.2010. 03.011

Sharrer MJ, Summerfelt ST, Bullock GL, Gleason LE, Taeuber J (2005) Inativação de bactérias usando irradiação ultravioleta em um sistema de cultura de salmonídeos recirculante. Aquac Eng 33:135 —149. https://doi.org/10.1016/j.aquaeng.2004.12.001

Shinohara M, Aoyama C, Fujiwara K, Watanabe A, Ohmori H, Uehara Y, Takano M (2011) Mineralização microbiana de nitrogênio orgânico em nitrato para permitir o uso de fertilizantes orgânicos em hidropônicos. Solo Sci Planta Nutr 57:190 —203. https://doi.org/10.1080/00380768.2011.554223

Sirakov I, Lutz M, Graber A, Mathis A, Staykov Y (2016) Potencial para atividade combinada de biocontrole contra peixes fúngicos e patógenos vegetais por isolados bacterianos de um sistema aquapônico modelo. Água 8:1 —7. https://doi.org/10.3390/w8110518

Snoeijers SS, Alejandro P (2000) Efeito do nitrogênio no desenvolvimento da doença e expressão gênica em patógenos de plantas bacterianas e fúngicas. Eur J Planta Pathol 106:493 —506

Somerville C, Cohen M, Pantanella E, Stankus A, Lovatelli A (2014) Produção aquapônica em pequena escala — piscicultura integrada e vegetal. FAO, Roma

Sopher CR, Sutton JC (2011) Relações quantitativas da podridão radicular Pseudomonas 63-28 com Pythium e crescimento em pimentões hidropônicos. Planta Trop Pathol 36:214 —224. https://doi.org/10.1590/S1982-56762011000400002

Spadaro D, Gullino ML (2005) Melhorar a eficácia de agentes biocontrole contra patógenos transmitidos pelo solo. Colheita Prot 24:601 —613. https://doi.org/10.1016/j.cropro.2004.11.003

Stanghellini ME, Miller RM (1997) Sua identidade e potencial eficácia no controle biológico de patógenos vegetais zoosporicos. Fábrica Dis 81:4 —12

Stanghellini ME, Rasmussen SL (1994) Hydroponics: uma solução para patógenos zoosporicos. Fábrica Dis 78:1129 —1138

Stouvenakers G, Sébastien M, Haissam JM (2017) Propriedades de biocontrole de água de aquicultura recirculante contra patógenos radiculares hidropônicos. Apresentação oral na reunião Aquaculture Europe 2017, Dubrovnik, Croácia

Sugita H, Nakamura H, Shimada T (2005) Comunidades microbianas associadas a materiais filtrantes em sistemas aquícolas recirculantes de peixes de água doce. Aquicultura 243:403-409. https://doi.org/ 10.1016/j.aquaculture.2004.09.028

Sutton JC, Sopher CR, Owen-Going TN, Liu W, Grodzinski B, Hall JC, Benchimol RL (2006) Etiologia e epidemiologia da podridão radicular Pythium em culturas hidropônicas: conhecimentos e perspectivas atuais. Summa Phytopathol 32:307 —321. https://doi.org/10.1590/S010054052006000400001

Takeda S, Kiyono M (1990) Caracterização das substâncias amarelas acumuladas num sistema fechado de recirculação para a cultura de peixes. Em: Procedimentos do segundo fórum asiático das pescas, pp 129—132

Tal Y, Watts JEM, Schreier SB, Sowers KR, Schreier HJ, Schreier HJ (2003) Caracterização da comunidade microbiana e dos processos de transformação de nitrogênio associados a biorreatores de leito móvel em sistema de maricultura fechado recirculado. Aquicultura 215:187 —202

Thongkamngam T, Jaenaksorn T (2017) Fusarium oxysporum (F221-B) como agente de biocontrole contra fungos fitofarmacêuticos in vitro e hidroponia. Plantar Prot Sci 53:85 —95. https://doi.org/10. 17221/59/2016-PPS

Timmons MB, Ebeling JM (2010) Aquicultura recirculante, 2ª edn. Publicação do NRAC, Ithaca

Tu JC, Papadopoulos AP, Hao X, Zheng J (1999) A relação de uma podridão de raiz Pythium e microrganismos rizosfera em circulação fechada e um sistema aberto em cultura de lã de pedra de tomate. Acta Hort (ISHS) 481:577 —583

Vallance J, Déniel F, Le Floch G, Guérin-Dubrana L, Blancard D, Rey P (2010) Microrganismos patogênicos e benéficos em culturas sem solo. Agron Sustain Dev 31:191 —203. https://doi.org/ 10.1051/agro/2010018

Van Der Gaag DJ, Wever G (2005) Condutividade de diferentes meios de cultivo sem solo à podridão de raiz e coroa Pythium do pepino em condições quase comerciais. Eur J Planta Pathol 112:31 —41. https://doi.org/10.1007/s10658-005-1049-7

Van Os EA (2009) Comparação de alguns tratamentos químicos e não químicos para desinfectar uma solução nutritiva recirculante. Acta Hortic 843:229 —234

Van Os EA, Amsing JJ, Van Kuik AJ, Willers H (1999) Filtragem lenta de areia: um método potencial para a eliminação de patógenos e nemátodos em soluções de nutrientes recirculantes de culturas de estufas. Acta Hortic 481:519 —526

van Os EA, Bruins M, Wohanka W, Seidel R (2001) Filtragem lenta: uma técnica para minimizar os riscos de propagação de agentes patogénicos infectantes das raízes em sistemas hidropônicos fechados. In: Simpósio internacional sobre cultivo protegido em climas de inverno ameno: tendências atuais para técnicas sustentáveis, pp 495-502

Veresoglou SD, Barto EK, Menexes G, Rillig MC (2013) A fertilização afeta a gravidade da doença causada por patógenos de plantas fúngicas. Planta Pathol 62:961 —969. https://doi.org/10.1111/ppa.12014

Verma S, Daverey A, Sharma A (2017) Filtragem lenta de areia para tratamento de água e águas residuais — uma revisão. Environ Technol Rev 6:47 —58. https://doi.org/10.1080/21622515.2016.1278278

Villarroel M, Junge R, Komives T, König B, Plaza I, Bittsánszky A, Joly A (2016) Pesquisa de aquapônica na Europa. Água (Suíça) 8:3 —9. https://doi.org/10.3390/w8100468

Waechter-Kristensen B, Sundin P, Gertsson UE, Hultberg M, Khalil S, Jensen P, Berkelmannloehnertz B, Wohanka W (1997) Gestão de factores microbianos na rizosfera e solução nutritiva de tomate cultivado hidroponicamente. Acta Hortic. https://doi.org/10.17660/ ActaHortic.1997.450.40

Waechter-Kristensen B, Caspersen S, Adalsteinsson S, Sundin P, Jensén P (1999) Compostos orgânicos e microrganismos em cultura hidropônica fechada: ocorrência e efeitos no crescimento das plantas e na nutrição mineral. Acta Hortic 481:197 —204

Whipps JM (2001) Interações microbianas e biocontrole na rizosfera. J Exp Bot 52:487 —511. https://doi.org/10.1093/jexbot/52.suppl_1.487

Wielgosz ZJ, Anderson TS, Timmons MB (2017) Efeitos microbianos na produção de alface cultivada aquaponicamente. Horticulturae 3:46. https://doi.org/10.3390/horticulturae3030046

Willey JM, Sherwood LM, Woolverton CJ (2008) Prescott, Harley, & micobiologia de Klein, 7º edn. Educação Superior McGrawhill, Nova Iorque

Wohanka W (1995) Desinfecção de soluções de nutrientes recirculantes por filtração lenta de areia. Acta Hortic. https://doi.org/10.17660/ActaHortic.1995.382.28

Zou Y, Hu Z, Zhang J, Xie H, Liang S, Wang J, Yan R (2016) Tentativas de melhorar a eficiência de utilização de nitrogênio da aquapônica através da adição de nitrificados e gradação de enchimento. Environ Sci Poluir Res 23:6671 —6679. https://doi.org/10.1007/s11356-015-5898-0

Acesso Aberto Este capítulo está licenciado sob os termos da Licença Internacional Creative Commons Attribution 4.0, que permite o uso, compartilhamento, adaptação, distribuição e reprodução em qualquer meio ou formato, desde que você dê o crédito apropriado ao (s) autor (es) original (s) e à fonte, forneça um link para a licença Creative Commons e indique se foram feitas alterações.

As imagens ou outros materiais de terceiros neste capítulo estão incluídos na licença Creative Commons do capítulo, salvo indicação em contrário em uma linha de crédito para o material. Se o material não estiver incluído na licença Creative Commons do capítulo e seu uso pretendido não for permitido por regulamentos legais ou exceder o uso permitido, você precisará obter permissão diretamente do detentor dos direitos autorais.

! image-20200929112107029


Aquaponics Food Production Systems

Loading...

Mantenha-se atualizado sobre a mais recente Aquaponic Tech

Empresa

  • Nossa equipe
  • Comunidade
  • Pressione
  • Blog
  • Programa de referência
  • Política de privacidade
  • Termos de serviço

Direitos autorais © 2019 Aquaponics AI. Todos os direitos reservados.